quinta-feira, 15 de agosto de 2013

TIPOS DE PERSONALIDADES E RELACIONAMENTOS


Sabemos que cada ser humano tem uma personalidade única e peculiar. Porém há certas características que se repetem nas pessoas. Por que isso acontece? O parapsicólogo e pesquisador Pedro Antonio Grisa classificou o homem em dois tipos: Pragmático e Idealista, baseando-se principalmente nos estudos de Hipócrates e William Sheldon.
Por meio de pesquisas, descobriu-se que há uma comunicação telepática de subconsciente no contexto familiar que fundamenta a estrutura básica da personalidade, do modo de ser, sentir, agir e reagir do indivíduo. Com essa divisão, fica mais fácil de entender por que as pessoas têm certas atitudes “iguais” às de outras. Certamente você se encaixará em uma das duas personalidades e se identificará com as suas características.
É importante salientar que nenhuma é certa ou errada: ambas são normais, e essa divisão somente serve para se entender melhor o ser humano. Identificando o pragmático e o idealista, é possível compreender as diferenças entre os filhos que foram educados da mesma maneira, os relacionamentos, as amizades e as identidades.
Para entender melhor do que estamos falando, vamos às definições.

PRAGMÁTICOS
São os primeiros filhos ou filhas de um relacionamento, os chamados primogênitos. O pragmático, desde o nascimento, tem uma ligação telepática de subconsciente natural e indestrutível com o pai (a primeira filha) ou com a mãe (o primeiro filhos). Esta ligação faz com que a grande maioria dos pragmáticos sejam muito seguros de si, objetivos, práticos, decididos, críticos, realistas e com dificuldade de expressar seus sentimentos.
O pragmático detesta ser mandado e, em todo pedido que se faz, a forma de falar é como se fosse uma ordem.
Todo pragmático valoriza a independência e necessita de autonomia para se sentir completo. Não gosta de perder tempo. Para ele, os segundos valem ouro!
O pragmático dá muita importância ao dinheiro, principalmente se for descendente da civilização da carência; gosta de conforto e de bens materiais (casa, carro, roupas, etc). ele preserva a importância das coisas, tem um sentimento de posse por seus bens, por isso dificilmente empresta seus pertences. Ciumento por natureza, o pragmático busca sempre a justiça, e dá muita atenção para a opinião dos outros. Dá muito valor à honra, ao crédito e à palavra dada.
No caso de filhos gêmeos de mesmo sexo, o pragmático é o primeiro a sair do ventre materno. Já no caso de filhos adotivos, vale a relação estabelecida na nova família, por ordem de chegada ao novo lar, não importando a posição que tenha na família de origem. Se os adotivos forem gêmeos de mesmo sexo, é pragmático aquele com quem a mãe fizer contato primeiro.
O pragmático é sub-classificado em “definido” e “sofrido”. O pragmático definido é, como o nome já diz, um pragmático “puro”, com fortes características de sua classificação. Pragmático sofrido é aquele que teve um grande sofrimento em qualquer fase de sua vida, como durante a gestação, momento do parto ou primeira infância. Este por sua vez, desencadeia algumas características de idealista para adotar o mecanismo de defesa diante da vida que o idealista desenvolveu naturalmente. Mas a estrutura de sua personalidade continua sendo a do pragmático; por isso, muitas vezes pode se sentir como se tivesse dupla personalidade. Está agindo daquela forma, mas não é aquilo que gostaria de estar fazendo.

IDEALISTAS
São todos os filhos e filhas que nascem depois do primeiro filho ou da primeira filha de um relacionamento.
Diferente dos pragmáticos, as características da personalidade idealista decorrem do fato de que desde o nascimento o indivíduo não se sente ligado mentalmente aos pais nem a pessoa alguma, o que os leva a ser inseguros pela sensação de ausência de apoio mental. Têm uma necessidade muito grande de chamar a atenção, de ser valorizado, amado e compreendido. Esta constante carência afetiva do idealista faz com que ele se volte para o mundo interior, desenvolvendo sua sensibilidade, imaginação e um mundo à parte, o das idéias.
Geralmente os idealistas detestam a rotina e enjoam do que fazem. Sua praticidade e sua rapidez são fruto das exigências da vida, mas eles têm muito medo de errar. Eles são capazes de dar a vida pelo que se apaixonam, seja uma mulher, um homem, uma nobre causa, um grande ideal ou até mesmo o fanatismo.
Apresentam grande necessidade de serem apoiados, aprovados e elogiados. Os idealistas só se entusiasmam quando percebem que estão agradando. Todavia, perante as críticas, desanimam facilmente, fazendo com que surja um sentimento de frustração. Resumindo: os elogios os “levantam” e a crítica os “afundam”.

Papéis & Idealista – Pragmático Sofrido
O Idealista, por não ter a comunicação telepático-subconsciente vivenciada pelo pragmático, sente-se inseguro, pode vir a assumir durante a vida um ou mais papéis, conforme a necessidade e as circunstâncias que a vida lhe apresenta. O pragmático sofrido também pode exercer estes papéis.

Os papéis são:
Revoltado e Contestador: é aquela pessoa que passa a chamar a atenção pelo grito. Vai assumir o papel de revoltado ou contestador, que pode ser explosivo, que age e reage, grita (xinga), e o revoltado implosivo, que se omite e silencia.
Isolado e Quieto: é aquele indivíduo que se esconde para testar se os outros se lembram dele. Isola-se e fica quieto com o mesmo objetivo.
Humorista e Satírico: é aquele indivíduo que, no dia a dia, brinca com as situações que acontecem consigo e com as outras pessoas; é uma forma agradável e inteligente de chamar a atenção. Exerce o papel de uma pessoa alegre, expansiva e espontânea.
Colaborador e Bonzinho: é aquele indivíduo que sempre está disposto a ajudar, emana bondade e disponibilidade; sempre diz “sim”. Geralmente vem depois de um “Revoltado”.
Bem-Sucedido e Vencedor: é aquela pessoa que busca o sucesso, que normalmente se inicia no berço, com o sucesso do primeiro sorriso. Mas o papel de Vencedor irá consolidar-se mesmo nas fases de evolução da primeira infância e ao longo da vida.
Misto: é quando a pessoa assume mais de um papel descrito acima e os utiliza de acordo com as necessidades de cada momento.
Observação: A seleção dos papéis assumidos é resultado de programações de vida intra uterina e do sucesso ou fracasso na busca da auto afirmação do indivíduo em seu contexto familiar.
Pragmáticos e idealistas combinam entre si? É claro que sim! Porém, há algumas características de cada um deles que precisam ser conhecidas para serem respeitadas para que as arestas dos relacionamentos possam ser aparadas.

RELACIONAMENTOS – PRAGMÁTICOS & IDEALISTAS

A seguir alguns exemplos de casamentos entre pragmático e idealista, salientando os pontos fortes desta relação:
Homem Pragmático e Mulher Idealista: neste casal, o homem é prático, direto, seco, firme, considera carinho uma “frescura” dispensável e acha que se papel é o de prover a casa. A mulher é delicada, sensível, bondosa e dedicada aos filhos e a casa. Este é um casamento que pode ter um relacionamento harmônico, sustentado pela segurança econômica, dedicação e compreensão mútua. Com diálogo, podem proporcionar uma educação democrática aos filhos.
Homem idealista e mulher pragmática: se considerarmos a Era dos Músculos, parece que esse casal está desempenhando papéis invertidos no relacionamento. O homem é mais inseguro, sensível e indeciso (principalmente se ele tiver sido esperado menina pelos pais) e pode deixar todas as decisões da casa nas mãos da mulher. Às vezes, para parecer forte, este homem pode se tornar autoritário e violento, bem como  pode pender para vícios como álcool, drogas, jogos ou amantes, como mecanismo de fuga. A mulher tende a ser mais forte, (principalmente ser foi esperada menino pelos pais). Nesse relacionamento, é difícil para os filhos construírem uma imagem equilibrada de homem, mulher, pai, mãe, família, casamento e autoridade; porém, é perfeitamente possível esse casamento gerar uma família harmoniosa se ambos buscarem a compreensão de seus papéis e de sua personalidade.
Homem idealista e Mulher Idealista: como ambos são carentes vivem um para o outro, sempre precisando se sentir valorizados e amados. Normalmente, esse casal vive a mais longa lua-de-mel e tende a dar muita liberdade aos filhos. Como não apresenta uma personalidade energética e firme, na educação dos filhos, pode apelar para o autoritarismo inibidor ou castrador, ou ser amigos, quase irmãos, dos filhos, pois sabe mais cativar do que mandar.

Homem Pragmático e Mulher Pragmática: este casal se preocupa muito com o tempo e com o dinheiro e, por isso, tem lua-de-mel e férias muito curtas. Como tanto o homem como a mulher tendem a ser independentes e mandões, geralmente são pais cobradores e se sentem culpados quando não percebem resultados de suas ações. A preocupação desses pais é voltada para as coisas materiais e funcionais dos filhos, porém, estão sempre presentes diante das dificuldades com sua praticidade, apontando soluções para os problemas. Para atingir uma vida plena, esse par deve, ao perceber essa tendência ao rigor, procurar externar o afeto através de pequenos e constantes gestos.
Independentemente da combinação, todo casal precisa valorizar os afetos, sair junto, cultivar o romantismo, o diálogo, a compreensão e a amizade. Precisa respeitar as diferenças e salientar as qualidades, para que cada um desenvolva todos os seus potenciais com tranqüilidade e segurança.
Vivam com entusiasmo a companhia um do outro. Encarem as diferenças entre o casal como forma de “crescimento”, sem ficar esperando que o outro o faça feliz. A felicidade está no interior de cada um, na maneira como a pessoa vive o seu dia-a-dia e observa a “beleza” nas pequenas coisas.

Tenha uma vida espiritual, de acordo com as suas crenças; conversem com Deus. Só assim conseguirão um relacionamento harmonioso baseado no amor, educando seus filhos conscientemente e com muito carinho, valorizando sempre as qualidades deles e um do outro.

Problemas nos relacionamentos agende uma consulta para entender porque sempre tem padrões ruins nos relacionamentos ou tem dificuldade de se amar como é e encontrar o parceiro ideal. Aproveite para conhecer o site: www.reprogramesuamente.com.br ou mande e-mail para contato@reprogramesuamente.com.br
Até a próxima! 

Um comentário: